terça-feira, 17 de junho de 2008

Política, propaganda e você: tudo a ver

E já que estamos cada dia mais perto do início da campanha eleitoral (dia 6 de julho, oficialmente; na TV e na rádio, no dia 19 de agosto), histórias de um clássico da propaganda política. Em 1989, Lula era o sapo barbudo que chegou ao segundo turno ao lado de lord Collor, o caçador de marajás. Como todo mundo sabe, deu Collor (quase 70% dos votos contra 26% de Lula). Mas foi em 1989 que um dos jingles políticos mais "chiclete" (e isso é uma qualidade!) de todos os tempos foi veiculado, cantado e desafinado pelo país. Lula-lá... Brilha uma estrela... Mesmo com o trocadilho infame, tão repudiado pelo povo PP, o jingle é muito bom. Tanto que durou. Composto pelo músico potiguar Hilton Acioli, que no final da década de 50 integrava o Trio Marayá, o Lula-lá aparece no vídeo do link aí em cima na boca de artistas mais e menos famosos, num coral para lá de milionário (se eles tivessem recebido algum cachê). Vale a pena tentar identificar quem é quem...

2 comentários:

Rafael Fontes disse...

É, tenho de concordar que o jingle é "clássico". hehehe
Agora, quanto a conhecer as pessoas, sou suspeito pra falar, pois mal as conheço hoje em dia, quem dirá a há quase 20 anos!!

Jana disse...

Tente achar a Elba Ramalho no vídeo e faça um antes e depois. É inacreditável como tem gente que fica mais nova com o tempo (e com alguns tratamentos estéticos...).

Compartilhe

Share |